em Blog

Quando você ouve falar em blockchain, é provável que se lembre logo das criptomoedas. Essa tecnologia, no entanto, pode ser usada para diversos outros fins, inclusive em situaçôes nas quais sejam necessárias confirmação de identidade e veracidade na Internet. Além disso, ela pode ser uma grande aliada do combate ao bullying digital!

Em termos simples, o blockchain é uma base de dados descentralizada na qual as informacões são armazenadas de modo linear e cronológico. Ele funciona como um grande livro-razão particularmente seguro, já que os dados nele registrados são validados por consenso e não podem ser alterados ou apagados.

Neste artigo, você vai descobrir como essa tecnologia pode ajudar a combater o bullying digital por meio da autenticação digital de páginas da web que vinculam conteúdo calunioso, difamatório, injurioso ou de ameaça. Confira!

Qual é a ameaça do bullying digital para as empresas e pessoas?

O bullying, a difamação e a calúnia, assim como a injúria e crimes de ameaça, são problemas de ordem moral que sempre existiram, mas que têm se intensificado no âmbito virtual. Uma das teorias que explica a intensidade das agressões digitais aponta como motivo a sensação de proteção que os agressores possuem por acreditar que ninguém será capaz de encontrá-los.

Em termos mais precisos, a calúnia, a injúria e a difamação são considerados pelo Código Penal como crimes contra a honra. A calúnia acontece quando uma pessoa falsamente acusa outra de ter cometido um crime. A injúria, por sua vez, é uma ofensa à dignidade ou decoro de outrem, enquanto a difamação se dá quando isso é feito para terceiros. No caso do crime de ameaça, por fim, alguém ameaça o outro de algum mal injusto e grave.

O importante é ressaltar que para que tais crimes sejam processados, a vítima (seja uma empresa, seja um indivíduo) precisa prestar queixa e apresentar provas, o que pode ser extremamente difícil quando o conteúdo é veiculado digitalmente.

Por que o bullying digital precisa de tecnologias que comprovem os fatos?

Os conteúdos de redes sociais e sites são dinâmicos, certo? Publicações e posts podem ser alterados ou excluídos a qualquer momento.  Como, então, garantir a solidez de uma prova digital nos casos de denúncias de bullying digital? Será que basta imprimir a página utilizando uma ferramenta simples do seu navegador?

Na verdade, não. Uma boa prova precisa ter autenticidade, integridade e disponibilidade: esses são os três pilares da segurança da informação. Uma prova autêntica tem garantia que sua fonte é realmente a informada. Uma prova íntegra é aquela que não sofreu modificações e, uma prova com disponibilidade, aquela que pode ser examinada mais uma vez.

O problema de coletar provas online é que nem sempre você consegue ter integridade e disponibilidade. Em alguns casos, é complicado conseguir, até mesmo, a autenticidade. Por isso, é importante lembrar que um documento impresso de um conteúdo digital não representa prova alguma.

Um dos modos de se dar mais solidez a essas provas recolhidas é fazer uma Ata Notarial em catório. Nela, o tabelião acessa o endereço digital que você deseja e atesta estar vendo determinada uma situação. Essa opção, contudo, é bastante cara e trabalhosa.

A tecnologia do blockchain se apresenta agora como uma alternativa. Como as informaçôes nele registradas são imutáveis, torna-se possível garantir a sua autenticidade, integridade e disponibilidade.

Como serviços para validar conteúdos são oferecidos?

As empresas que oferecem serviços de autenticação com blockchain disponibilizam ferramentas que geram relatórios completos confirmando que um certo conteúdo existia de tal forma, em determinado momento, na página ou post de uma rede social. Normalmente, eles funcionam como plugins instalados no navegador e geram uma assinatura digital única e exclusiva. Assim, você tem a garantia de que vai conseguir gerar uma prova com facilidade, sem precisar pagar altas taxas ao cartório. Para saber mais como a autenticação digital de página da web oferecida pela OriginalMy funciona, clique aqui.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a aplicação do blockchain para a autenticação de documentos digitais? Neste artigo, você descobriu como gerar provas digitais contra bullying digital e como o blockchain pode mudar esse cenário. Não se esqueça então de curtir e compartilhar esse conteúdo!